FILARMÓNICA DO CRATO NA NOSSA SENHORA DA LUZ 2020

Marcando presença nesta festividade há cerca de 150 anos ou mais, a Filarmónica do Crato, acorreu mais um ano a mais uma festa de Nª Srª da Luz em Vale do Peso. O dia 2 de fevereiro de cada ano faz parte da folha de serviços da Filarmónica desde sempre. É obra! É um atravessar de séculos e gerações. O brilho com que atua deve continuar a ser o mesmo desde o século XIX e a devoção dos valpesenses pela sua padroeira também não tem esmorecido. O ano de 2020, que calhou em domingo, marcou mais uma enchente de habitantes e nascidos retornados por esses dias à terra. No próximo ano voltará a ser domingo.

A Filarmónica do Crato apresentou-se com 28 elementos, muito equilibrada e a prestar um serviço de qualidade, sempre reconhecida pelos habitantes locais.

A Filarmónica voltou a tocar dentro do Lar para deleite dos idosos à hora de almoço. Também não passaram despercebidas as palavras de incentivo aos jovens músicos no arranque do dia por parte do decano Presidente do Lar de Nossa Senhora da Luz, o digníssimo José Subtil (Zé Dias), tendo ainda ressalvado a antiguidade da banda na atuação da Senhora da Luz e incentivando todos a continuarem com vontade a trabalhar em prol da Banda.

O peditório correu muito bem e teve uma boa organização, dando um bom contributo para as despesas da festa. O almoço no Lar, que acontece há já muitos anos, esteve ao nível dos melhores anos e já é uma imagem de marca dos responsáveis daquela instituição. Todas as funcionárias, encarregada e outro pessoal, para além do Presidente, são incansáveis para que que todos os músicos fiquem satisfeitos e nada lhes falte.

A procissão esteve muito bem organizada, registaram-se melhorias consideráveis e os músicos não se sentiram prejudicados na sua atuação, o que se verificava em anos anteriores. No final da mesma, após a saída dos valpesenses da igreja, apesar do cansaço, a Banda brindou os mesmos com a excelente marcha “Europa”.

O município do Crato cedeu, mais uma vez, o autocarro para a deslocação. O mesmo aconteceu com o empréstimo de uma carrinha de 9 lugares no dia seguinte, 3 de fevereiro, para a deslocação de vários músicos da Filarmónica do Crato para participarem numa atividade cultural e turística na Herdade dos Andreiros, num encontro de conceituados chefs.

 

 

Facebook

Get the Facebook Likebox Slider Pro for WordPress