FILARMÓNICA DO CRATO PROMOVE ENCONTRO DE BANDAS

Arte, tradição, convívio e confiança num futuro melhor e mais apto para a juventude. Estas são as ilações a retirar do Encontro de Bandas que se realizou no sábado, 25 de maio de 2019, no Crato.

Ainda mal amanhecera e já se escutavam os primeiros acordes tocados pelas Filarmónica do Crato, Filarmónica da Covilhã e Banda Filarmónica da Academia Musical União e Trabalho de Sarilhos Grandes, as três bandas que se juntaram no Jardim Municipal e que depois desfilaram até à Praça do Município, onde apresentaram cumprimentos ao som dos seus hinos e escutaram as palavras de apreço e reconhecimento proferidas pelo presidente da Câmara Municipal do Crato, Dr. Joaquim Diogo, que se mostrou encantado por ter tão distintas bandas em terras do Prior do Crato.

Já no Salão Nobre dos Paços do Concelho, e ainda antes de os três agrupamentos terem rumado a Flor da Rosa, para uma curta visita ao mosteiro e monumento nacional, Joaquim Diogo teve a oportunidade de informar os muitos presentes da intenção da Câmara Municipal em fomentar, junto do agrupamento de escolas, atividades que desenvolvam o gosto pela música. Todos sabemos que a Música, tal como o Desporto, servem para melhor formar a juventude. É isso que queremos aqui no Crato: Pessoas mais aptas nas suas funções.
Durante a tarde o espetáculo das três bandas fez acorrer ao Jardim Municipal uma boa moldura humana, que se deliciou com as atuações dos três agrupamentos, como o atestou a estrondosa ovação. A certeza de que através da música também se promove a cultura que é, afinal, um objetivo da Câmara Municipal do Crato e da Filarmónica do Crato, que tudo fez para que as suas duas congéneres se sentissem tão bem no Crato como os cratenses se sentiram na Covilhã e em Sarilhos.

Provou-se que este certame, que conta com enormíssimo apoio da Câmara, e que este ano teve o seu Presidente sempre a acompanhar o evento, é já um acontecimento cultural enraizado na vila do Crato e que o seu local de eleição é o jardim municipal, ótimo cartão-de-visita. Os concertos eram para ter tido lugar no novo espaço cratense, o Jardim Temático da Moagem, mas o mesmo ainda não possui as condições que são oferecidas pelo jardim do Rossio. Associou-se ao evento a UCRATE – Associação Unidos pelo Crato, que se apresentou com uma banca de venda de bebidas e petiscos e com um espaço de pintura, onde alguns jovens músicos das três bandas se deliciaram na exploração das suas qualidades plásticas.

O almoço e o jantar foram servidos no espaço da Modecral, cedido pelo município para o efeito, e foi também mais uma aposta ganha. O serviço prestado pelo conceituado restaurante gafetense “Lagarteiro”, foi simplesmente muito bom, o que não constituiu surpresa para quem conhece esta empresa do nosso município, sinónimo de qualidade onde se apresenta. Não faltou a animação musical proporcionada pelos músicos nos dois concorridos repastos.

Refira-se que após os concertos, houve mais um interessante momento de convívio entre as três bandas, no auditório da banda, onde todos se reuniram em volta do ecrã televisivo para se assistir à final da Taça de Portugal em futebol de 11, que sorriu aos sportinguistas, que apesar de poucos, foram ajudados por uma grande falange de benfiquistas. Foram momentos de pura amizade e harmonia, com muita música à mistura.

Facebook

Get the Facebook Likebox Slider Pro for WordPress